Pela troca das plaquinhas de transporte por aplicativo que expõe motoristas!
Insegurança não cola, falta de diálogo não cola, falta de argumento também não e
muito menos essas plaquinhas que caem a todo momento. Pressione o Sec. de Transportes!
Uma placa dessa não cola! As (os) motoristas de transporte por aplicativo vivem um clima de extrema insegurança por causa do tamanho da placa, de uso obrigatório, criada pela EMDEC. Não cola pras(os) passageiras(os) ou motoristas, que sofrem com insegurança.
Quem chama os carros já sabe a placa, cor, modelo e foto da(o) motorista. A placa só serve para fiscalização da Prefeitura, mas mesmo sem ela é possível fiscalizar carros irregulares. Tanto é que hoje, quando não se usa a placa, a fiscalização consegue encontrar e penalizar a(o) motorista. Um motorista chegou a morrer em agosto, após assalto!
A boa notícia é que basta uma canetada do Secretário de Transportes José Barreiro pra mudar isso! Ele ainda prometeu diálogo quando o motorista morreu em agosto e, até agora, nada.
Já existem modelos e propostas! Outras cidades já usam um adesivo interno, visível e removível que fica no vidro do carro. Por que a placa de Campinas tem que ser tão enorme e diferente? Envie um email agora para o Secretário de Transportes e peça essa alteração!

Envie um email para o Secretário de Transportes e peça a mudança da placa!

Quem você vai pressionar (1 alvo)

0
Pessoas querem mais segurança!

"O motorista Amarildo Suffi, de 53 anos, que prestava serviços por meio do aplicativo Uber, foi encontrado morto com um tiro na cabeça neste domingo, 5, no bairro São Judas Tadeu, em Campinas. A Polícia Civil já tem suspeitos do crime e trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte)."
FONTE
Nós buscamos promover participação popular consciente nas tomadas de decisão da cidade de Campinas, com tecnologias sociais e digitais, através de mobilizações sociais e incentivo a comunidades de ação. Fomos procurados por motoristas de aplicativos que não aguentavam mais a falta de abertura da Secretaria e apoiamos sua mobilização em busca de diálogo pelo seu pedido totalmente legítimo.
Para manter nossa independência, não recebemos recurso público, de partidos e empresas concessionárias de serviços públicos. Por isso, precisamos da sua doação para continuar mobilizando!